CAIXA DE SONS

LEIA O ARTIGO

'Exclusão social

resistência quilombola'

por LAÍSSIA FERREIRA

Exclusão Social Resistência Quilombola

A comunidade é carente de apoio em tudo, e no que diz respeito à cultura principalmente, a mesma tem caminhado com as próprias pernas resistindo para dar continuidade e não desistir de seus propósitos.

Leia Mais »

10 DE JANEIRO 2021

UM DOMINGO NO QUILOMBO

O sol arde desde cedo neste canto abençoado do sertão baiano. A pequena caravana do Movimento de Inclusão Cultural chega na comunidade quilombola de Ouricuri II.

Acompanhamos o grupo de capoeira Vem Vadiá, Camará, a família V.V.C., a caminho da feira onde foi realizada a tradicional “roda de capoeira”, – Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura.

Viemos para dar testemunho das coisas belas que por aqui acontecem, capturar muitas imagens e conversar um bocado. E quando saímos, no começo da noite, levamos muito mais do que esperávamos: o coração cheio de alegria, desbordando emoções depois de um dia de vivências inesquecíveis.

O Movimento de Inclusão Cultural (MIC) é um coletivo criado com o objetivo de levar arte à sociedade e gerar transformação a partir dela.

Voltar ao Topo